Publicado em Metodologias Ágeis, Publieditorial, Scrum

Como construir um Product Backlog efetivo

Para entender como construir um efetivo backlog do produto, primeiro é preciso entender os conceitos que permeiam esse tema. Product Backlog é uma lista de necessidades que o cliente possui, descritas com sua própria linguagem, e que precisam ser atendidas pelo produto que será entregue ao final do projeto. Já a efetividade está relacionada a algo que tem efeito real. Unindo os conceitos, temos uma lista de necessidades que ao serem supridas, causam efeito real sobre o indivíduo.

É necessário, em primeiro lugar, entender que o Product Backlog é algo que deve ser construído de forma incremental, ou seja, no início do desenvolvimento teremos apenas uma visão macro que será detalhada à medida que se aprende mais sobre o produto e seus usuários. Deve ser formado por histórias de usuário que, segundo Mike Cohn, são pequenas e simples descrições de funcionalidades sob a perspectiva da pessoa que deseja as novas capacidades, usualmente um usuário ou um cliente do produto.

Publieditorial-2015_Dez

Traduzir as necessidades do cliente, através do Backlog do Produto, em uma linguagem não técnica, compreensível por todas as pessoas envolvidas no projeto é um dos papéis do Product Owner. Para isso, uma boa prática é registrá-lo com as seguintes informações: ID (único), Nome (representativo), História de Usuário, Prioridade, Complexidade/Esforço (série de Fibonacci) e Observações. Dessa forma, teremos um backlog de produto detalhado, compreensível e alcançável para que o time possa produzi-lo e satisfazer às necessidades do cliente.

Deseja tornar seus backlogs de produto mais efetivos e alcançáveis? Uma boa oportunidade é participar do curso Fundamentos em Métodos Ágeis da Projectlab. O curso foi desenvolvido para ajudar você a entender e a praticar os principais conceitos sobre o gerenciamento ágil de projetos.

Este post trata-se de um publieditorial.

Autor:

Bacharel em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Sergipe (UFS) e Pós-Graduado em Gestão de Projetos de Software pela Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe (FANESE) e Gestão e Liderança de Pessoas pela Universidade Tiradentes (UNIT). É certificado PMP pelo PMI, ITIL v3 Foundation pelo EXIN e COBIT 5 Foundation pela APMG. Possui experiência de 5 anos nas áreas de Análise e Desenvolvimento de Sistemas do setor público e privado. Atualmente trabalha no Banco do Estado de Sergipe (BANESE), onde já desenvolveu atividades de análise de processos e gerenciamento de projetos no Escritório de Gerenciamento de Demandas, Projetos, pertencentes à Área de Governança de TI. Dentre elas, destacam-se a gestão do projeto de implantação do PMO de TI e suporte no gerenciamento de outros projetos. Atualmente, exerce a função de gerente de projetos no PMO Corporativo do BANESE planejando e executando projetos estratégicos da organização. Ministrou aulas de Sistema de Gerenciamento de Projetos em cursos de MBA da FANESE. É membro do PMI-SE onde já atuou como voluntário em eventos, ministrando curso de Gestão do Tempo em Projetos. É proprietário e articulista do site "Gestão de Projetos Ágeis" www.danielettinger.com, onde divulga trabalhos pessoais na área de Gerenciamento de Projetos e Metodologias Ágeis como artigos, v

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s