O que muda no exame PMP em 2016

O exame PMP sofreu em 12 de janeiro de 2016 diversas mudanças, conforme previamente informado na Delineação do Conteúdo do Exame PMP®, publicado pelo PMI®, em abril de 2015. Esse documento contém muito mais informações do que as definições e conceitos abordados no Guia PMBOK®, os quais são cobrados no exame.

Primeiramente, é preciso entender por que o exame PMP mudou. Em média, a cada 5 anos o PMI realiza um estudo sobre o delineamento de papéis (RDS – Role Delineation Study), o qual fornece uma descrição detalhada sobre o papel do profissional de gerenciamento de projetos. Segundo o PMI [1], este estudo incluiu uma pesquisa global em larga escala com profissionais certificados PMP® para validar atualizações em domínios, tarefas, conhecimentos e habilidades. Ele captura as visões dos gerentes de projetos de todas as indústrias, ambientes de trabalho e regiões e serve como base para o exame PMP®, além de garantir sua validade e relevância.

Agora que já sabemos por que a prova mudou, é importante descrever quais foram as mudanças e quais os impactos diretos para os candidatos. Os cinco domínios ou fases do ciclo de vida do projeto (iniciação, planejamento, execução, monitoramento e controle e encerramento) permanecem os mesmos. Porém, a proporção de questões, bem como o número de atividades do gerente de projeto dentro de cada domínio foram alterados.

Segue abaixo uma tabela relativa ao percentual do peso de cada domínio no exame PMP®.

Tabela 1 – Peso dos domínios no exame PMP.

Domínio Iniciação Planejamento Execução Monitoramento e Controle Encerramento
Peso 13% 24% 31% 25% 7%
Tarefas adicionadas Tarefa 2

Tarefa 7

Tarefa 8

Tarefa 13 Tarefa 6

Tarefa 7

Tarefa 6

Tarefa 7

 

Os únicos domínios que sofreram alteração de peso no exame foram Execução e Encerramento, os quais tinham percentual de 30% e 8%, respectivamente. Segundo Henrique [2], as inclusões das novas atividades refletem principalmente nas seguintes alterações no exame:

Figura 1 – Mudanças no exame PMP. Fonte [3].

Ainda relativo às tarefas adicionadas, alteradas ou removidas, Sotille [3] concluir que foi possível constatar as seguintes modificações:

Iniciação

  • Tarefa 1: maior ênfase nas lições aprendidas durante a avaliação dos projetos;
  • Tarefa 2 (nova): substitui “atingir as expectativas dos clientes” por “atingir os objetivos do projeto”;
  • Tarefa 5: deixa claro que o Gp não desenvolve o termo de abertura e sim participa de seu desenvolvimento;
  • Tarefa 7 (nova): “Conduzir análise de benefício com as partes interessadas (incluindo o patrocinador, cliente e especialistas), de modo a validar o alinhamento do projeto com a estratégia organizacional e os objetivos de negócio esperados”;
  • Tarefa 8 (nova): “Informar as partes interessadas sobre o termo de abertura aprovado, de modo a garantir um entendimento comum das principais entregas, marcos e seus papéis e responsabilidades”.

Planejamento

  • Tarefa 2: maior foco no desenvolvimento do plano de gerenciamento do projeto, ao invés de somente na EAP;
  • Tarefa 5: os recursos humanos são “alocados” e não mais “utilizados”;
  • Tarefa 8: inclui “definir os padrões de qualidade”;
  • Tarefa 12: maior ênfase em engajar as partes interessadas;
  • Tarefa 13 (nova): “Desenvolver o plano de gerenciamento das partes interessadas através da análise de necessidades, interesses e impacto potencial, de modo a gerenciar eficazmente as expectativas das partes interessadas”.

Execução

  • Tarefa 1: “Atingir requisitos” ao invés de somente executar o projeto;
  • Tarefa 6 (nova): “Gerenciar o fluxo de informação, seguindo o plano de comunicações, de modo a manter as partes interessadas engajadas e informadas”;
  • Tarefa 7 (nova): “Manter os relacionamentos com as partes interessadas, seguindo o plano de gerenciamento das partes interessadas, de modo a receber apoio continuado e gerenciar expectativas”.

Monitoramento e Controle

  • Tarefa 2 e 3: ênfase nas necessidades de negócio;
  • Tarefa 4: reescrita para indicar maior proatividade na avaliação da efetividade das respostas aos riscos;
  • Tarefa 6 (nova): “Capturar, analisar e gerenciar lições aprendidas usando técnicas de gerenciamento de lições aprendidas, de modo a possibilitar melhoria contínua”;
  • Tarefa 7 (nova): “Monitorar atividades de aquisição de acordo com o plano de aquisições, de modo a verificar a conformidade com os objetivos do projeto”.

Encerramento

  • Tarefa 3: “Garantir qualquer outra responsabilidade” foi substituída por “garantir a transferência de responsabilidade”. Devemos conhecer as formas de responsabilidade e meio para transferi-las;
  • Tarefa 4: “Distribuir relatório final do projeto… a todas as partes interessadas” foi substituído por “preparar e compartilhar o relatório de acordo com o plano de gerenciamento das comunicações’;
  • Tarefa 5: As lições aprendidas são feitas agora de forma contínua ao longo do projeto;
  • Tarefa 7: Cita o plano de gerenciamento das partes interessadas como fonte de informações, visando avaliar a satisfação das partes interessadas.

Além de oito novas tarefas foram incluídos, pelo PMI, vinte e dois novos conhecimentos e habilidades transversais cuja aplicabilidade independe do domínio. Foram ainda removidos dois conhecimentos/habilidades julgados como obsoletos. Segue abaixo um quadro com a lista completa:

Tabela 2 – Conhecimento e habilidades transversais do Gerente de Projetos (PMI).

PERMANECEM INCLUÍDOS EXCLUÍDOS
Audição ativa Leis e regulamentos aplicáveis Código de Ética e Conduta Profissional do PMI
Técnicas de brainstorming Atingimento de benefícios Software de Gerenciamento de Projetos
Ferramentas, técnicas, métodos e canais de comunicação Perspicácia nos negócios
Resolução de conflitos Técnicas de gerenciamento de mudanças
Técnicas de coleta de dados Técnicas motivacionais, de treinamento, coaching e mentoring
Tomada de decisão Gerenciamento de configuração
Diversidade e sensibilidade cultural Métricas de satisfação dos clientes
Facilitação Técnicas de delegação
Ferramentas, técnicas e métodos de gerenciamento de informações Inteligência emocional
Ferramentas, técnicas, métodos e habilidades de liderança Técnicas de julgamento por especialistas
Técnicas de habilidades de negociação e influência Sensibilidade e diversidade geracional
Ferramentas e técnicas de apresentação Habilidades interpessoais
Priorização / gestão do tempo Gerenciamento do conhecimento
Técnicas e ferramentas de resolução de problemas Técnicas de gerenciamento de lições aprendidas
Gestão de relacionamento Técnicas de gerenciamento de reuniões
Técnicas de gerenciamento das partes interessadas Consciência organizacional e operacional
Técnicas de construção de equipe Processos de revisões por pares
  Princípios de finanças de projetos
  Técnicas de controle e de garantia de qualidade
  Técnicas de avaliação de riscos
  Consciência situacional
  Gerenciamento virtual/remoto de equipes

 

Segundo o PMI, um quarto do exame foi renovado, focando nas oito novas tarefas. Some-se a isso o fato de que outras questões foram atualizadas, pois houveram mudanças nos conhecimentos e habilidades transversais, as quais precisaram ser refletidas no exame. Alguns profissionais ativamente envolvidos com o programa de certificação PMP do PMO, como [2], acreditam que “as mudanças e impactos são “mínimos”, em especial para quem estudou ou está estudando pelo método da RMC, que já cobria praticamente grande parte destas “mudanças” do exame”.

Diante do exposto, é possível concluir que o PMI® procurou dar mais foco ao exame nos aspectos comportamentais e habilidades necessárias para que o gerente de projeto possa dirigir adequadamente e realizar os objetivos do projeto com sucesso. Dessa forma, passou a dar mais ênfase na estratégia de negócio e realização de benefícios para o cliente, valorizando ainda mais as lições aprendidas e reforçando o relacionamento com as partes interessadas. O PMBOK permanece inalterado com todos os seus conceitos, entradas, saídas, ferramentas e técnicas e continua sendo o livro base de estudo para a certificação PMP®.


Referências:

[1] Project Management Institute. Atenção: O Exame PMP® está mudando em 2015. Disponível em <https://brasil.pmi.org/brazil/CertificationsAndCredentials/PMP/PMP-esta-mudando.aspx>

[2] HENRIQUE, Carlos. Mudanças no Exame de Certificação PMP – 2016. Disponível em <http://www.projectlab.com.br/blog/index.php/home/mudancas-no-exame-de-certificacao-pmp>.

[3] SOTILLE, Mauro. O exame PMP muda dia 12/Jun/2016. Disponível em <http://dicasgp.pmtech.com.br/exame-pmp-muda-em-2016>.

Anúncios

Sobre danielettinger

Bacharel em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Sergipe (UFS) e Pós-Graduado em Gestão de Projetos de Software pela Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe (FANESE). É certificado CAPM® pelo PMI, ITIL® v3 Foundation pelo EXIN e COBIT® 5 Foundation pela APMG. Possui experiência de 5 anos nas áreas de Análise e Desenvolvimento de Sistemas do setor público e privado. Atualmente trabalha no Banco do Estado de Sergipe (BANESE), onde já desenvolveu atividades de análise de processos e gerenciamento de projetos no Escritório de Gerenciamento de Demandas e Projetos e Grupo de Processos, pertencentes à Área de Governança de TI. Dentre elas, destacam-se a gestão do projeto de implantação do PMO de TI e suporte no gerenciamento de projetos de TI. Nos dias de hoje, atua como gerente de projetos do PMO Corporativo do BANESE. Ministra aulas de Sistema de Gerenciamento de Projetos em cursos de MBA da FANESE. Participou como voluntário em eventos do PMI ministrando curso de Gestão do Tempo em Projetos. É proprietário e articulista do site “Gestão de Projetos Ágeis” www.danielettinger.com, onde divulga trabalhos pessoais na área de Gerenciamento de Projetos e Metodologias Ágeis como artigos, vídeo-aulas, pesquisas, eventos, templates, tutoriais e dicas fomentando o interesse e o desenvolvimento dessas áreas.

Publicado em 16/02/2016, em Certificações, Gerenciamento de Projetos e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s