Publicado em Certificações, Enquetes, Gerenciamento de Projetos, Planejamento Estratégico

Resultado da Enquete: “Qual a maior dificuldade enfrentada no exame PMP?”

Análise

Todos os candidatos que passaram pela árdua rotina de estudos preparatórios par a certificação PMP® sabe como a o caminho é longo e deve ser bem planejado e executado para evitar surpresas desagradáveis durante a prova. Porém, não é apenas a fase de estudos que nos impõe desafios, como também a prova em si. Nesse sentido, o propósito dessa enquete foi analisar as dificuldades enfrentadas pelos candidatos à certificação PMP®, durante o exame realizado pelo PMI®.

Praticamente metade (46%) dos leitores que participaram da enquete, afirmaram que a complexidade das questões é o maior desafio enfrentado durante a prova. Tratam-se de questões situacionais sobre a vivência do gerente de projetos e que na maioria das vezes possui mais de uma resposta correta. É preciso estar bem preparado e concentrado para entender o que a questão pede, qual é o foco do problema. Isso ajuda a economizar o precioso tempo do exame que totalizam 4 horas. Esse foi a segunda maior dificuldade relatada com 23% dos votos acompanhada na sequência pelo tamanho das questões com 17%. Na realidade todos esses desafios estão relacionados, pois é preciso saber equacionar a relação entre a leitura e compreensão de problemas muitas vezes complexos com textos relativamente extensos e o tempo para resolução dos mesmos. Muitas questões apresentam diversas dados e informações para distrair o candidato, o qual pode se desviar do problema principal a ser resolvido. Algumas outras questões necessitam de fórmulas e cálculos que não são complexos, porém exigem memorização, concentração e raciocínio lógico.  Esse é o top 3!

Em quarto lugar com 6% dos votos aparece o conteúdo do exame como barreira enfrentada pelos candidatos. É bem verdade que o conteúdo do exame é extenso e pode ser encontrado em diversos livros de gerenciamento de projetos. O PMBOK® é o guia básico dessa área de conhecimento. Para se ter uma ideia, apenas o livro preparatório para certificação PMP® da autora Rita Mulcahy possui mais de 600 páginas com diversos exercícios e simulados. Portanto, é preciso tempo e muita disciplina para realizar uma boa preparação para o exame. Além disso, o equilíbrio emocional durante o exame é fator de destaque, pois o centro de testes, apontado por 5% dos candidatos possui dificuldades, as quais posso listar como rigorosa fiscalização realizada com o candidato na sala de prova o qual deve passar por detector de metais, revista de bolsos e assinatura dos horários de saída e retorno do banheiro, fiscalização a cada 10 minutos na sala do exame, câmeras de segurança espalhadas pelo local, etc. Alguns podem ter tido dificuldades para chegar ao centro de testes, o que não foi meu caso. Por isso, recomendo que program-se para chegar com 30 minutos de antecedência da hora do exame.

Por fim, a quantidade de questões do exame (200) perfizeram uma fatia de apenas 3% dos participantes da enquete que acreditam ser essa a maior dificuldade. Ninguém apontou o software do exame como barreira para aprovação no exame, dando a entender que trata-se de uma ferramenta de boa usabilidade, possuindo orientações iniciais ao candidato, tempo do exame em tela, marcação de questões para revisão, além de tradução para o português. Dessa forma, ponto para o PMI®!  Bons estudos e bom desempenho na prova!

Autor:

Bacharel em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Sergipe (UFS) e Pós-Graduado em Gestão de Projetos de Software pela Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe (FANESE) e Gestão e Liderança de Pessoas pela Universidade Tiradentes (UNIT). É certificado PMP pelo PMI, ITIL v3 Foundation pelo EXIN e COBIT 5 Foundation pela APMG. Possui experiência de 5 anos nas áreas de Análise e Desenvolvimento de Sistemas do setor público e privado. Atualmente trabalha no Banco do Estado de Sergipe (BANESE), onde já desenvolveu atividades de análise de processos e gerenciamento de projetos no Escritório de Gerenciamento de Demandas, Projetos, pertencentes à Área de Governança de TI. Dentre elas, destacam-se a gestão do projeto de implantação do PMO de TI e suporte no gerenciamento de outros projetos. Atualmente, exerce a função de gerente de projetos no PMO Corporativo do BANESE planejando e executando projetos estratégicos da organização. Ministrou aulas de Sistema de Gerenciamento de Projetos em cursos de MBA da FANESE. É membro do PMI-SE onde já atuou como voluntário em eventos, ministrando curso de Gestão do Tempo em Projetos. É proprietário e articulista do site "Gestão de Projetos Ágeis" www.danielettinger.com, onde divulga trabalhos pessoais na área de Gerenciamento de Projetos e Metodologias Ágeis como artigos, v

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s