Publicado em Enquetes

Resultado da Enquete: “Qual é a melhor forma de conceder prêmios e recompensas aos colaboradores?”

Análise

O reconhecimento ao trabalho desenvolvido pelas pessoas em qualquer área de atuação é de fundamental importância para mantê-las motivadas e produtivas dentro do ambiente organizacional. Para tanto, é possível conceder prêmios e/ou recompensas que realmente agreguem valor à vida profissional ou até pessoal dos colaboradores.

Existem diversas formas de conceder tais recompensas pelo bom trabalho desenvolvido, as quais foram elencadas em recente enquete realizada por esse site, a qual obteve um total de 157 votos. Nossos leitores responderam que a melhor forma de reconhecer o valor dos serviços prestados é através da concessão de bônus e/ou aumentos salariais, com 62 votos (39%). Isso demonstra que o aspecto financeiro ainda é o mais apreciado quando a questão é reconhecimento profissional. Em segundo lugar, eles escolheram alocar em atividades que possuam afinidades com 22 votos (14%). Parafraseando Confúcio, “Escolhe um trabalho de que gostes e não terás que trabalhar nem um dia na tua vida”. Nada mais do que a pura verdade!

Continuando a apreciar os resultados, observamos que em terceiro e quarto lugar aparecem praticamente empatados, elogiar em público o bom desempenho e disponibilizar horários flexíveis de trabalho, com respectivamente, 18 e 17 votos (aproximadamente 11% cada). Esses dados demonstram que as pessoas gostam tanto de ter seus trabalho reconhecido perante os demais colegas de trabalho como de poder trabalhar em horários flexíveis, haja vista os diversos compromissos extras, como casa, família, saúde e até mesmo outras atividades profissionais fora da organização.

Por fim, mas não menos importantes, foram citados, por ordem de votação, os seguintes prêmios: presentar com vouchers (8%), possibilitar o trabalho home office (6%), custear um happy hour ao final do projeto (6%) e ofertar dia de descanso no mês (5%). E você, gestor de projeto, já concedeu algum desses prêmios ou recompensas à sua equipe? Ainda não? Então é hora de rever seus conceitos, ou certamente estará dificultando seu próprio trabalho no tocante ao engajamento das partes interessadas. Olho vivo!

Autor:

Bacharel em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Sergipe (UFS) e Pós-Graduado em Gestão de Projetos de Software pela Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe (FANESE) e Gestão e Liderança de Pessoas pela Universidade Tiradentes (UNIT). É certificado PMP pelo PMI, ITIL v3 Foundation pelo EXIN e COBIT 5 Foundation pela APMG. Possui experiência de 5 anos nas áreas de Análise e Desenvolvimento de Sistemas do setor público e privado. Atualmente trabalha no Banco do Estado de Sergipe (BANESE), onde já desenvolveu atividades de análise de processos e gerenciamento de projetos no Escritório de Gerenciamento de Demandas, Projetos, pertencentes à Área de Governança de TI. Dentre elas, destacam-se a gestão do projeto de implantação do PMO de TI e suporte no gerenciamento de outros projetos. Atualmente, exerce a função de gerente de projetos no PMO Corporativo do BANESE planejando e executando projetos estratégicos da organização. Ministrou aulas de Sistema de Gerenciamento de Projetos em cursos de MBA da FANESE. É membro do PMI-SE onde já atuou como voluntário em eventos, ministrando curso de Gestão do Tempo em Projetos. É proprietário e articulista do site "Gestão de Projetos Ágeis" www.danielettinger.com, onde divulga trabalhos pessoais na área de Gerenciamento de Projetos e Metodologias Ágeis como artigos, v

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s