Arquivo da categoria: Gerenciamento de Partes Interessadas

2º Congresso Nacional de Gerenciamento de Projetos do PMI-SE

Ocorreu entre os dias 18 e 20 de Setembro de 2014 o 2º Congresso Nacional de Gerenciamento de Projetos do PMI-SE. O evento foi realizado no Hotel Mercure em Aracaju e teve como tema central “Gestão de Stakeholders”. O objetivo foi proporcionar uma troca de experiências e a disseminação do conhecimento em Gerenciamento de Projetos através de palestras, minicursos e apresentação de casos reais em diversas áreas.

10616312_853146028037746_9122316906689337362_n

Presidente do PMI-SE na entrega do certificado do curso que ministrei.

Fui convidado para ser palestrante de um minicurso com o seguinte tema: “Gerenciamento do Tempo com o Microsoft Project 2013”. Nele, foi possível apresentar aos participantes os conceitos definidos no PMBOK que norteiam a disciplina de Gerenciamento do Tempo em Projetos, bem como a aplicação prática dos mesmos através da ferramenta Microsoft Project 2013. Ao final do curso os alunos puderam aplicar, em um estudo de caso, todo o conhecimento adquirido.

Houve ainda outro minicurso sobre o método PM4Plane, abordando a aplicação combinada de Scrum + PMBOK. As palestras foram separadas de acordo com sua abordagem ágil ou tradicional. Diversos nomes de destaque nacional apresentaram seus trabalhos, bem como uma integrante do board do PMI Internacional, Maria Castelanni, que trabalhou o tema “CONFIANÇA, principal aliado para o sucesso das relações interpessoais”.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Stakeholders e sua influência nos projetos e negócios

projectlab_stakeholder_management_pactio_prendo_ettingerOrganizações são geridas por meio de processos de negócios, os quais podem ser alavancados pela construção de um bom planejamento estratégico que direcione as ações a serem tomadas em busca de objetivos que agreguem valor à organização. Projetos nada mais são do que a materialização desse planejamento estratégico através de atividades planejadas e relacionadas logicamente para construir um produto, disponibilizar um serviço ou resultado desejável.

Segundo o Project Management Institute, stakeholders são “pessoas e empresas, como clientes, patrocinadores, organizações executoras e o público, que estejam ativamente envolvidas no projeto ou cujos interesses possam ser afetados de forma positiva ou negativa pela execução ou término do projeto”. Eles podem exercer influência sobre os objetivos e resultados do projeto, pois sua influência é vital para o sucesso ou fracasso do mesmo. Sendo assim, é preciso mapear os perfis, determinar suas necessidades e expectativas, bem como, gerenciar sua influência dando um maior enfoque aos stakeholders que possuem maior interesse e poder decisório.

Todavia é fundamental não ignorar a importância de nenhuma parte interessada, mesmo que ela possua baixo nível de poder e interesse. Sabemos que a união faz a força e muitos stakeholders “fracos”, quando unidos e coesos, constroem uma aliança com forte influência sobre o resultado do projeto.

A dúvida que surge é como buscar a satisfação balanceada das partes interessadas? Um caminho viável é capacitar a equipe de projeto. Assim, recomendo o curso de Gerenciamento de Stakeholders da Projectlab, o qual apresenta um método avançado que visa desenvolver as habilidades do profissional, através de uma aprendizagem acelerada baseada na experiência. O Simulador “PACTIO” utilizado é baseado em um sofisticado modelo de comportamento humano, validado por acadêmicos, especialistas das indústrias e centenas de gerentes de projetos. Você pode encontrar maiores informações nesse link.

banner-case-2

Este post trata-se de um artigo patrocinado (publieditorial).