Publicado em Certificações, Evento, Gerenciamento de Projetos, Riscos

1º Seminário de Gestão de Projetos do PMI-SE

Ocorreu no dia 24/11/2012 o 1º Seminário de Gestão de Projetos do PMI-SE na Faculdade de Negócios de Sergipe. O evento contou com a participação dos alguns membros da diretoria do PMI-SE e também de dezenas de profissionais atuantes em Gerenciamento de Projetos no estado de Sergipe. O presidente do capítulo abriu o evento com o anúncio da posse do novo Diretor de Eventos, Luciano Passos.

Continuar lendo “1º Seminário de Gestão de Projetos do PMI-SE”

Resultado da Enquete: “Na sua opinião, qual é a área de conhecimento mais importante do Gerenciamento de Projetos?”

Análise

Pelo resultado da enquete é possível observar que a maioria dos leitores desse blog que votaram (28% – 27 votos), acreditam ser o Escopo a área de conhecimento mais importante do Gerenciamento de Projetos.  Isso deve-se ao fato de que um escopo mal definido, pode por em risco todo o sucesso de um projeto. Em segundo lugar, figura a área das Comunicações como sendo a mais importante com 25 votos (26%). Não basta ter um escopo bem definido, é preciso que os stakeholders tenham uma boa comunicação durante o decorrer do projeto. Saber o que comunicar, a quem, através de que meio é fundamental para garantir que as informações sobre o projeto cheguem as interessados de maneira adequada. Isso pode ser apoiado com a definição e uso da Matriz de Comunicação. Logo em seguida, a área de Integração aparece como a mais relevante obtendo 9 votos (9%) . À área de integração cabe a tarefa de articular as partes interessadas para que objetivos do projeto sejam atingidos. Mais atrás e não menos importantes, aparecem empatadas as áreas de Gerenciamento de Riscos e Gerenciamento da Qualidade com 8 votos cada (8%). Gerenciar os riscos do projetos, eliminando-os ou mitigando-os, é fundamental para evitar que o imponderável coloque em xeque o sucesso do projeto. Do mesmo modo, gerenciar a qualidade é garantir que o produto seja desenvolvido corretamente segundo suas especificações e dentro dos padrões exigidos pelo mercado, cada vez mais competitivo. Por fim, aparecem as áreas de Custos, Tempo e Aquisições com 6 (seis), 6 (seis) e 0 (zero) votos, respectivamente.