Revista MundoPM ed. 64

revista_ed64

A edição de nº 64 da Mundo Project Management, maior revista de gerenciamento de projetos do Brasil, traz um artigo bastante interessante, o qual apresenta a criação de um método capaz de elaborar o planejamento estratégico empresarial numa única página. Idealizado e concebido por Luciano Passos, Presidente do PMI Sergipe e Superintendente de Gestão Estratégica no Banco do Estado de Sergipe, o Strategy Model Canvas tem como objetivo ser uma metodologia simples e ágil, utilizada para concepção de um plano visual e colaborativo que contenha elementos essenciais para determinar a estratégia da organização para um determinado ciclo. Além disso, proporciona uma visão 360º do ambiente em que a empresa está inserida.

No decorrer do artigo, Luciano Passos descreve os conceitos e princípios que regem o método, como também demonstra sua aplicabilidade através de um exemplo de definição da estratégia de que mudaria a trajetória do maior Circo Artístico do Mundo, o Cirque Du Soleil. Vale a pena conferir! Maiores detalhes sobre o Strategy Model Canvas podem ser encontrados no site oficial strategymodelcanvas.com.br. O lançamento do livro sobre a nova metodologia está previsto para o próximo ano.

SMC

Revista Mundo Project Management – Ed. 40

DICA DO BLOG

DESTAQUES

Avaliando Projetos de Infraestrutura
IPAT – Uma ferramenta da NETLIPSE da União Européia

Este artigo apresenta a rede NETLIPSE criada pela comunidade europeia com os objetivos de promover o compartilhamento de conhecimento e experiências entre suas organizações constituentes e permitir a avaliação de Large Infrastructure Projects (LIPs). Em especial, a ferramenta IPAT (Infrastructure Project Assessment Tool), criada para avaliação de LIPs ao longo do ciclo de vida dos projetos.

Projetos de Desenvolvimento Global de Produtos usando DSM

Neste artigo, efetua-se uma primeira discussão sobre o problema do gerenciamento de projetos de desenvolvimento global de produtos usando o método de Matriz de Estrutura de Projeto (método de Design Structure Matrix, DSM). Uma competência essencial para garantir uma real sustentabilidade na competição internacional.

Três Perspectivas sobre o Valor de Negócio do Gerenciamento de Projetos

A gestão de projetos é inerente ao conjunto de práticas de negócios encontrado em qualquer organização, especialmente quando os projetos são os mecanismos utilizados para entregar produtos e serviços. O artigo apresenta perspectivas fundamentais para entender o valor de negócio do gerenciamento de projetos para as empresas. E como o PMO pode facilitar o apoio aos interesses de negócio da empresa.


Revista Mundo Project Management – Ed. 39

DICA DO BLOG

DESTAQUES

Aprendendo a conviver com a incerteza
Uma visão além do gerenciamento de risco

Os efeitos das incertezas e ambiguidades no gerenciamento de risco é tema deste artigo. Constatar que a diminuição de risco gera um comportamento humano de negligencia, que as intervenções nos sistemas atuais para criar camadas de segurança mais transferem o risco de lugar do que propriamente o reduzem, só provocam novas incertezas. Um ciclo de vulnerabilidades retroalimentado e crescente. A demanda por uma nova cultura que saiba lidar de forma prática e aprender a conviver com a ambiguidade é desejada, a chamada sociedade resiliente.

Entrevista: Paulo Costa
Diretor de Abastecimento da Petrobras

Responsável por um portfólio de projetos US$ 78 bilhões, ou seja, uma importante parte da execução estratégica da maior empresa brasileira, o engenheiro Paulo Costa lidera o esforço da área de Abastecimento da Petrobras para criar seis novas refinarias no Brasil, o maior programa do gênero no mundo.

Liderança adaptativa e complexa
Um modo dinâmico de organização em projetos

Enquanto as técnicas e ferramentas tradicionais funcionam bem em ambientes de relativa estabilidade, o mesmo não é válido para ambientes incertos e complexos. Este artigo busca ampliar este entendimento e explorar perspectivas, baseadas em descobertas de 15 anos de pesquisa. Apresenta oito princípios que auxiliam a trabalhar de uma maneira mais dinâmica e auto-organizada.

Revista Mundo Project Management – Ed. 38

DICA DO BLOG

DESTAQUES

O problema das médias
no gerenciamento de projetos

A simulação computacional proporciona análises importantes sobre os riscos ocultos em projetos, gerando não apenas um número mas uma distribuição de probabilidades. A função DIST (Distribution String), criada pelo autor, estabelece adicionalmente um padrão de comunicação de entrada/saída das incertezas em projetos, facilitando o compartilhamento de cenários e conhecimentos que infl uenciam as estimativas de prazos, custos e demais fatores do projeto de forma inequívoca entre todos os gerentes.

Tratado de medidas confiáveis de conclusão (CCMT)

Trata-se de um método para medir o progresso com ênfase na identifi cação e estimativa das consequências das possíveis resoluções das incertezas de um projeto, em termos tanto de tempo como fi nanceiro. Uma vez terminadas essas estimativas, pode-se calcular um conjunto de possíveis resultados, identifi cando a pior das hipóteses para custo, tempo e para cada um dos requerimentos importantes do projeto.

A aplicação das novas ciências ao gerenciamento de riscos e de projetos

Há um sentimento entre alguns profi ssionais que lidam com riscos, incluindo o autor, de que o gerenciamento teórico de riscos desgarrou-se de nossa intuição no mundo do gerenciamento de projetos. Este artigo mostra que, ao se entender com que tipo de problema se está lidando, as decisões passam a ser mais conscientes das inerentes incertezas.

Revista Mundo Project Management – Ed. 37

DICA DO BLOG

DESTAQUES

Gerente “Y” no comando
Uma reflexão sobre a nova geração de gerentes

Quem são os gerentes da “Geração Y”? Até que ponto eles se sentem técnica e emocionalmente preparados para esta função? Quais os conflitos e questões passíveis de revelação a partir do seu relacionamento com pessoas de outra geração no ambiente de trabalho? São estas as questões-chave motivadoras deste artigo, que busca refletir sobre a inserção da “Geração Y” em cargos de gestão no mercado de trabalho, e suas características mais marcantes como profissionais da era digital.

Cultura organizacional e o gerenciamento da inovação

Este estudo procura investigar o impacto que a cultura organizacional, o perfil dos valores pessoais (microcultura) dos executivos e das organizações (traços) exercem no gerenciamento da inovação das organizações avaliadas. Para isso, foi selecionada uma amostra de 400 executivos de 48 organizações, abrangendo as de grande e médio porte de diversos segmentos, apresentando atividades de desenvolvimento de produtos e de serviços.

Caso de sucesso:
Gestão efetiva em megaprojeto de construção.

Eleito o projeto do ano de 2010, pela revista MundoPM e FGV, este caso de sucesso na área de construção e engenharia relata como obteve sucesso na gestão de um mega projeto com uma equipe formada pelo consórcio entre Camargo Corrêa e Promon Engenharia.

Publicado em Revistas

Revista Mundo Project Management – Ed. 36

DICA DO BLOG

O Gerenciamento de Projetos tem sido considerado ponto fundamental para o sucesso de muitos investimentos no mercado atual e, neste contexto a publicação MundoPM – Project Management se posiciona estrategicamente como um efetivo meio de comunicação e troca de conhecimento especializado no tema, a ciência da decisão. Cientes de que uma nova economia está por emergir a revista MundoPM busca destacar de forma transparente e elucidativa informações de gerenciamento de projeto, levando ao seu leitor o conhecimento necessário para conquistar diferencial competitivo. Abordando temas e práticas que o mercado demanda, a revista objetiva posicionar os profissionais e empresas que fazem uso destas técnicas e conceitos, de forma efetiva e colaborativa, fortalecendo assim a chamada sociedade do conhecimento. A publicação baseia sua missão em eleger o capital intelectual como caminho para elevar a disciplina de gestão de projetos e, como uma forma de contribuir para um mercado globalizado.

A publicação identifica-se com a necessidade mercadológica de diagnosticar, com rigor científico e visão de mercado, as melhores técnicas e ferramentas empregadas a cada realidade em particular. A revista visa se tornar, através de uma estratégia de facilitar ao leitor o domínio sobre o tema, com uma proposição de valor que explora a abordagem didática, valores práticos e relatos de casos de sucesso do mercado nacional, tornando-se referencial como um veículo de comunicação eficiente que discute os temas globais para determinar ações locais. Trazendo informações consolidadas de experiências práticas e teóricas para o melhor uso do seu leitor no mercado de trabalho, e proporcionar inovação e alto valor agregado em suas práticas e decisões nas organizações e em sua carreira profissional.