Arquivos do Blog

O novo Triângulo de Talentos do PMI

O Project Management Institute (PMI®) é uma entidade sem fins lucrativos que visa disseminar pelo mundo as melhores práticas em gerenciamento de projetos e fomentar o seu desenvolvimento por meio de publicações, eventos e programas de certificações. Assim como a profissão de gerente de projetos, essa instituição está em constante evolução. Prova disso, é a recente implantação (01/12/2015) de um novo conceito em seu Sistema de Registro da Certificação Continuada (CCRS): o Triângulo de Talentos. Leia o resto deste post

Retrospectivas Eficazes

filme1-300x183

Entende-se por retrospectiva o relato de uma série de acontecimentos decorridos durante certo período de tempo. Segundo o Scrum Guide, “a retrospectiva do Sprint é uma oportunidade para a Equipe do Scrum inspecionar-se e criar um plano de melhorias que deve se valer durante o próximo Sprint”. Em outras palavras, ao final de cada Sprint o time realiza uma reunião com o objetivo de avaliar o que deu certo e deve continuar sendo aplicado, assim como, o que ocorreu de errado e o que pode ser feito para reduzir os erros e melhorar o desempenho nas próximas Sprints.

É importante, no início da reunião, contextualizar os participantes deixando claro qual é o objetivo da mesma, ou seja, direcionar esforços para o que deve estar em foco. Esse papel pode ser realizado pelo Scrum Master, ou qualquer membro da equipe, visto que ela é auto gerenciável. Em seguida, pode  ser realizada uma análise de SWOT onde a equipe  identifica, individualmente e imparcialmente, seus pontos fortes e fracos, além de oportunidades e ameaças, registrando comentários a respeito. Ao final, os participantes  discutem seus registros e a equipe sintetiza o que foi reportado. Dessa forma, criam-se lições aprendidas que servirão para melhorar o desenvolvimento das Sprints seguintes. Esse é um processo incremental que busca a melhoria contínua.

Publieditorial-2015_Nov

Finalizada a síntese, o time  decide o que será priorizado na próxima iteração. Pode ser utilizada a técnica que a equipe desejar, desde que esta seja baseada em critérios claros e objetivos sobre o que realmente gera valor para o cliente. Isso evita a ocorrência do cenário em que “quando tudo é prioridade, nada é prioridade”. Ao final, deve ser discutido como o backlog da próxima Sprint deverá ser realizado.

Está em busca de tornar suas retrospectivas de Sprints mais eficazes? Uma boa oportunidade é participar do curso Preparatório para Certificação PMI-ACP da Projectlab. Com a metodologia e o material didático mais completo do mercado, desenvolvido pela RMC, empresa da renomada Rita Mulcahy, o curso foi desenvolvido para ajudar você a se preparar para o exame, e obter o máximo de entendimento sobre o gerenciamento ágil de projetos.

Este post trata-se de um publieditorial.

Aspectos Motivacionais e a Certificação PMI-ACP®

Como vimos no post Metodologias Ágeis e o crescimento da Certificação PMI-ACP®, no ambiente ágil, o indivíduo e suas interações possuem maior valor do que procedimentos e ferramentas. Baseados nesse princípio, os ambientes ágeis permitem transformar grupos de pessoas em equipes coesas e colaborativas. Isso é possível através da formação de times auto gerenciáveis, no qual todos trabalham em busca de um objetivo comum. Mas como as Metodologias Ágeis permitem motivar e manter motivados os membros da equipe?

A formação desse time é realizada, inicialmente, pela figura do líder: um facilitador disposto a eliminar os obstáculos e mostrar o caminho a ser traçado. Ele demonstra a importância de cada colaborador e busca o apoio de todos afim de alcançar os objetivos. Assim, quando a equipe alcança um certo grau de maturidade, atinge-se um modelo de gestão baseado na autonomia. Abre-se mão do modelo centralizado de poder e adota-se a participação colaborativa de todos os membros, onde as responsabilidades são compartilhadas. Agora, todos passam a ser responsáveis pelo sucesso ou não do projeto.

É notável que as metodologias ágeis conferem aos membros da equipe poder, status e capacidade de influenciar os demais, fatores motivacionais (McClelland, 1960) indispensáveis para a formação de equipes auto gerenciáveis.

Seu ambiente organizacional apresenta indivíduos desmotivados, baixos níveis de produtividade e práticas obsoletas de gestão de pessoas? Então recomendo ir em busca de uma certificação que lhe confira amplo conhecimento na aplicação de Métodos e Práticas Ágeis: a certificação PMI-ACP®. Entre nesse projeto com a Projectlab, um dos melhores centros preparatórios existentes no Brasil para as certificações do PMI®. Entre nesse projeto com a Projectlabum dos melhores centros preparatórios existentes no Brasil para as certificações do PMI®.

Você também pode adquirir na Loja Online. O material didático mais completo do mercado, desenvolvido pela RMC, empresa da renomada Rita Mulcahy.

Este post trata-se de um artigo patrocinado (publieditorial).

Metodologias Ágeis e o crescimento da certificação PMI-ACP®

A crescente busca das organizações por ferramentas e técnicas que consigam entregar valor mais rapidamente para seus clientes, tem gerado um grande interesse nas metodologias ágeis. Tanto é verdade que uma recente pesquisa, desenvolvida pelo Project Mangement Institute (PMI)® e divulgada em 2012 pela PM Survey.Org, aponta que 50% das organizações consultadas utilizam métodos ágeis e 35% tem interesse em implantá-las. Essa pesquisa foi realizada com mais de 750 organizações instaladas em 5 diferentes países.

Manifesto Ágil, escrito em 2001, deu surgimento às metodologias ágeis, as quais se baseiam em quatro valores fundamentais:

  • Os indivíduos e suas interações acima de procedimentos e ferramentas;
  • O funcionamento do software acima de documentação abrangente;
  • A colaboração dos clientes acima da negociação de contratos;
  • A capacidade de resposta à mudanças acima de um plano pré-estabelecido.

Essas metodologias podem ser utilizadas em projetos de qualquer natureza, sejam eles de Engenharia, Aviação, Tecnologia da Informação, etc. Buscam valorizar os recursos humanos e seus relacionamentos, facilitando o desenvolvimento de equipes auto gerenciáveis. Dessa forma, surge a ideia de time que trabalha em sinergia por um objetivo comum. 

Vislumbrando essa crescente necessidade do mercado por profissionais capacitados que possam aplicar os conceitos ágeis em ambientes organizacionais, o PMI® decidiu criar a certificação PMI-ACP®, a qual é hoje a que possui maior crescimento. Deseja se tornar um Profissional Certificado em Métodos e Práticas Ágeis, e se destacar no mercado? Então, recomendo o treinamentopreparatório da Projectlab!

Este post trata-se de um artigo patrocinado (publieditorial).
%d blogueiros gostam disto: